publicidade

Justiça Eleitoral marca recontagem de votos para cargo de vereador em Teixeira


Por determinação do TRE-PB e depois da cassação dos votos da coligação que derrubou três vereadores eleitos pelo partido do republicanos, a justiça eleitoral marcou para o próximo dia 19 a recontagem dos votos.

Esse é um procedimento eleitoral para que a justiça diplome os novos parlamentares.

Entenda o caso

Depois das eleições municipais em 2020, houve denúncias que uma determinada coligação teria candidaturas fictícias, as conhecidas “laranjas” para unicamente compor as cotas de gêneros determinadas por Lei.

Foi constatado pela Justiça Eleitoral que realmente se tratava de uma “manobra” unicamente para compor a coligação, então a Justiça Eleitoral de Teixeira, atendeu o pedido e cassou toda a coligação.

Três vereadores que foram eleitos pela coligação se sentiram prejudicados e em seu direito recorreram a instância superior, TRE-PB, onde não tiveram êxito. O TRE-PB determinou a cassação da coligação e recontagem dos votos, além da posse imediata dos outros parlamentares.

COMO FICA A COMPOSIÇÃO DA CASA

HOJE - estão vereadores:

Galego de Lô - Situação

Carlos Augusto - Situação

Ederivaldo Macario - Situação

Ivania de Ariston - Situação

Cátia de Messias - Situação

Pedro Bento - Oposição

João de Romualdo - Oposição

Galego Titico - Oposição

Nildinho - Perdeu o mandato

Nada da saúde - Perdeu o mandato

Raimundo Costa - Perdeu o mandato

DEPOIS DA RECONTAGEM DOS VOTOS

Galego de Lô - Situação

Carlos Augusto - Situação

Ederivaldo Macario - Situação

Ivania de Ariston - Situação

Cátia de Messias - Situação

Doguinha - Situação

Raniere - Situação

Galego Prateado - Situação (Por Media)

Pedro Bento - Oposição

João de Romualdo - Oposição

Galego Titico - Oposição


Blog do Theo 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.