publicidade

Em debate, João afirma que gestão eficiente e aumento do PIB garantem ações de combate à fome, na Paraíba


O governador e candidato à reeleição João Azevêdo (PSB) ressaltou, na noite desta terça-feira (27), durante debate realizado pela Rede Paraíba de Comunicação, que sua gestão eficiente proporciona resultados e impactos na vida dos paraibanos. Ele destacou o crescimento do PIB no Estado e os índices de gestão fiscal, que possibilitam ao governo garantir ações de combate à fome na Paraíba.

João afirmou que sua gestão mantém o programa Cartão Alimentação, que atende 52 mil famílias, paga o Abono Natalino para 534 mil famílias e mantém programa de segurança alimentar - que fez com que a Paraíba fosse o estado do Nordeste que tivesse uma menor quantidade de pessoas em insegurança alimentar.

“Não que isso satisfaça. Eu gostaria mesmo é que não houvesse necessidade de implantar um programa como esse, mas na Paraíba já atendemos a 148 municípios só com o programa Tá na Mesa, fora os 10 restaurantes populares e o programa Prato Cheio. Nós temos programas que criamos, inclusive durante a pandemia, de auxílio às famílias que passavam necessidades durante a pandemia. A assistência social no nosso governo tem mantido um foco muito grande. Não só com o fundo de combate e a erradicação da pobreza, como com recursos próprios do estado. São programas efetivos e que tem a sua continuidade dentro do nosso governo e fazendo uma diferença muito grande”, disse.

“O PIB que cresceu faz uma diferença muito grande para as pessoas que recebem o alimento, que totalizam 1 milhão e 300 mil refeições todos os meses. É exatamente essa a questão que precisa ser colocada aqui no debate”, completou João.

A gestão que João comanda realizou um programa de investimentos na Paraíba acima de R$ 2,5 bilhões em obras de infraestrutura. “Então esse foi o governo que efetivamente construiu, cuidou das pessoas, avançou e isso é inegável. Evidente que alguns programas deixaram de ser executados e eu não nego. Eu, como governador, não nego de que a Paraíba precisa avançar ainda mais e nós vamos fazer isso, sem sombra de dúvida, para que a gente continue transformando esse estado. Ganhamos prêmio nacional, na gestão fiscal porque é rating A pelo segundo ano consecutivo, coisa que o único estado do Nordeste que conseguiu isso na história. Essa é a verdadeira página a ser contada da história da Paraíba nesses três anos e nove meses que nós estamos à frente do Estado. E iremos seguir, com a ajuda do povo”, declarou o governador.



sorrentinonoticias.com.br


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.