publicidade

Veneziano lamenta ausência de João Azevêdo de debate e foca em propostas


O candidato a governador da Paraíba Veneziano Vital do Rêgo (MDB-15), da coligação ‘A Paraíba tem pressa de ser feliz!’, reforçou na tarde desta segunda-feira (08), durante o primeiro debate entre os postulantes ao Governo do Estado após o início da campanha, seu foco em propostas e nas respostas aos anseios da população paraibana. Ele lamentou a ausência do atual governador, que preferiu viajar a Brasília, o que, para Veneziano e para os demais participantes, foi uma desculpa para não encarar o debate.

“Eu também fui convidado para esta agenda em Brasília, mas decidimos manter o compromisso com o debate, em respeito aos paraibanos e porque acredito que, através do debate, as pessoas podem diferenciar quem realmente tem propostas e quem só tem desculpas a dar por ter tido a oportunidade de fazer e não fez. Nós penamos diferente, sempre propondo um diálogo aberto e franco com a sociedade”, disse Veneziano.

Na sua apresentação inicial, Veneziano destacou sua convicção de que a Paraíba tem pressa de mudanças e que elas tem que vir através de quem tem a experiência de já ter feito, citando a época em que, como prefeito de Campina Grande e Lula presidente, proporcionou muitas transformações positivas para a vida das pessoas. “Quem fez, tem capacidade de fazer muito mais, e assim faremos, junto com nossa vice-governadora, a professora Maísa Cartaxo, com o senador Ricardo Coutinho e nosso presidente Lula”.

Em resposta a um importante questionamento do presidente da Associação Paraibana de Imprensa (API), o jornalista Marcos Weric, sobre propostas para a revitalização do patrimônio histórico paraibano, Veneziano destacou seu respeito à classe da imprensa e reforçou seu compromisso com a preservação do patrimônio histórico e com o Turismo, dois setores que, lembrou Veneziano, estão intimamente ligados.

Segundo Veneziano, falar de reestruturação do patrimônio histórico é também falar dos investimentos necessários no turismo. “Temos compromissos, com o turismo religioso, de eventos e histórico. Tanto é que destinamos mais de R$ 33 milhões para a construção do Centro de Convenções de Campina Grande, iremos construir o Parque Turístico Vale dos Dinossauros, em Sousa, o Centro de Tradições Juninas e a completa restauração do centro histórico da capital. Turismo é geração de empregos, é investimento”, disse.

Questionado sobre propostas de inclusão para a população LGBTQIA+, Veneziano declarou que seu governo vai ser contra qualquer tipo de preconceito e citou, dentre os seus compromissos para este público, a criação da Central Estadual de Monitoramento da Violência Contra as Mulheres e População LGBTQIA+ (CEMOVI), de forma que seja possível acompanhar as vítimas de violência e as ações dos serviços envolvidos, em aspectos quantitativos e qualitativos.

“Além disso, reforçamos nosso compromisso com a implantação de Casas Regionais de Acolhimento para jovens (mulheres, negros, LGBT, entre outros) em situação de violência, a ampliação da Rede de Proteção dos Direitos de LGBTQIA +, com a implantação de Programas de capacitação e geração de empregos para a população LGBTQIA +; a implantação do Plano Estadual de Políticas Públicas para LGBTQIA +; e a criação de novas unidades das Delegacias Especializadas de Repressão aos Crimes LGBTfóbicos, Étnico-Raciais e Delitos de Intolerância Religiosa”, afirmou Veneziano.

Sobre Agropecuária e Agricultura Familiar, Veneziano garantiu priorizar as aquisições, pela administração pública estadual, de produtos oriundos da agricultura familiar, com utilização de 40% da produção pelo Estado, em escolas, hospitais e sistema prisional. “Teremos também o compromisso com a criação e implantação do programa “Inovar para Crescer”, destinado aos empreendedores das micro e pequenas empresas, empresas de economia solidária, do artesanato e da agricultura familiar”

Veneziano também teve a oportunidade de falar sobre a Cultura, lembrando seu compromisso com a construção de “Espaços de Cidadania”, especialmente em áreas urbanas de maior vulnerabilidade social, destinados à indução de políticas públicas intersetoriais, que possam incluir a juventude, idosos e crianças em múltiplas ações de esporte, lazer, cultura, formação profissional, educação, artes, etc.

Sobre infraestrutura, Veneziano disse que vai acabar com o isolamento hídrico do estado, e que contará, para isso, com o apoio do presidente Lula. “Sei como fazer, porque tenho 30 anos de experiência pública, como vereador, prefeito, deputado e senador. o que nos possibilitará ser um governador que irá realizar muito, com a parceria com nosso presidente Lula e nosso senador Ricardo”, finalizou.


Blog do Anderson Soares

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.