publicidade

Germana Wanderley cobra solução para o lixão em Patos

 


A candidata a deputada estadual, Germana Wanderley (Solidariedade), cobrou, nesta segunda-feira (29) uma solução diante da situação envolvendo o lixão de Patos.

Para ela, a problemática já deveria ter sido resolvida há bastante tempo, porém, falta boa vontade e competência para solucionar a destinação do lixo produzido na cidade.

_“A cidade de Patos não tem essa problemática resolvida ainda. Falta boa vontade. Eu, quando deputada estadual, farei de tudo que for possível para que isso seja resolvido”, denunciou Germana._

Germana lembrou que, ainda em 2020, quando estava candidato a prefeito, o atual gestor do município afirmou que iria “lacrar” o lixão da cidade no primeiro dia do seu mandato. Promessa não cumprida após quase dois anos de mandato.

*MPPB deixa de premiar Patos por causa da incompetência da gestão*

Em junho deste ano, o Ministério Público Estadual deixou de premiar Patos durante uma solenidade alusiva ao dia do Meio Ambiente pelo fato de que o município não conseguiu erradicar o lixão da cidade. Outros 192 municípios foram contemplados com o certificado MPPB de Erradicação dos Lixões, como parte do Projeto Fim dos Lixões. Cidades de menor porte, como Água Branca, Aparecida, Condado, Pedra Branca e Olho d’Água foram premiados.

No início do ano, a prefeitura cancelou uma licitação do aterro sanitário de Patos. A recomendação partiu da Secretaria de Controle Interno do município após verificar que os valores cobrados e a quantidade de lixo transportada seriam insuficientes. Para a candidata, um estudo deveria ter sido feito previamente acompanhado de um planejamento para evitar essa situação.


Assessoria





Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.