publicidade

PROCON Patos compõe de comissão que visa investigar possíveis crimes contra a economia por distribuidoras de combustíveis



A Comissão Processante dos Combustíveis da Paraíba esteve reunida ontem, quarta-feira (20), na capital do estado. O PROCON Patos é um dos órgãos de defesa do consumidor da Paraíba que compõem a comissão, juntamente com o Procon Estadual.

O comitê surgiu com o objetivo de investigar e apurar possíveis ocorrências de crimes praticados contra a ordem econômica pelas distribuidoras de combustíveis que atendem o Estado da Paraíba, inclusive com a averiguação de indícios de cartelização. A investigação tem por base apurar denúncias, principalmente as oriundas do SINDIPETRO-PB.

“A comissão processante de combustíveis possui o intuito de investigar a fundo a questão dos combustíveis, desde a sua saída da refinaria, na passagem das distribuidoras, até chegar aos revendedores de todo estado da Paraíba,” disse o secretário do PROCON Patos, Ítalo Torres.

O PROCON Patos compõe a comissão ocupando a 1ª secretaria, e segundo Ítalo Torres, serão solicitadas as notas de compra e venda de todos os combustíveis nos últimos seis meses, assim como serão ouvidos representantes das distribuidoras, da Agência Nacional do Petróleo e dos donos de postos de combustíveis.

“Com esse anúncio da Petrobras, que a partir de hoje estaria valendo um desconto de 0,20 centavos no preço da gasolina, nós determinamos a notificação de todas as distribuidoras aqui do estado. Para que elas prestem alguns esclarecimentos a cerca dos preços dos combustíveis diante deste novo cenário,” comentou o membro da comissão.


Coordecom-Patos

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.