publicidade

Em defesa dos ACSs e ACEs: Pré-candidata a Deputada Estadual Germana Wanderley afirma que a saúde de Patos está maquiada pela prefeitura.

 

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Na manhã desta quinta-feira (28) a pré-candidata a Deputada Estadual Germana Wanderley (Solidariedade) cobrou severamente da prefeitura de Patos-PB, que conceda  gratificação para os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e os Agentes de Endemias (ACE). Essas categorias ganharam o direito de receber 40% do valor do piso salarial, pela função desenvolvida e insalubridade enfrentada para tal função. Porém de acordo com a pré-candidata, esse benefício não está sendo pago na cidade de Patos. Até audiência Pública já foi realizada para que fosse reparado esse erro da gestão, mas, até agora nada foi feito. 

“Depois de muitos anos de luta, os ACSs e ACEs conseguiram uma significada vitória, porém até hoje penam para ter seu direito através de lei federal, reconhecido. Estaremos lutando por essas classes, pela saúde, sendo a voz dos que trabalham e movem a máquina pública”, disse a pré-candidata.  

Ela não poupou críticas a gestão do prefeito Nabor quando o assunto é saúde, em uma  cobrança em nome dos profissionais que estão sem receber suas gratificações, Germana disse que é preciso parar de maquiar a saúde de Patos. 

“Hoje o grupo político que governa nossa cidade, não quer conceder o aumento de 40% de gratificação aos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e os Agentes de Endemias (ACE). Tem que parar prefeito com essa maquiagem que é feita na saúde do município. Nossa saúde está abandonada. É preciso reconhecer a importância do trabalho que é realizado por essa classe”, cravou Germana.  

Através de um vídeo nas suas redes sociais, Germana lembrou do seu tio o ex-prefeito Dinaldo Wanderley e fez menção ao apelido carinhoso com o qual ele trava essas classes, Anjos da Guarda. 

“Meu Tio Dinaldo Wanderley o Cabeção chamava esses profissionais de Anjos da Guarda, devido a importância de suas funções na saúde pública. Falo em nome dos profissionais da saúde de Patos e peço atenção para essa classe”, concluiu ela.


Patosmetropole

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.