publicidade

Jamerson Ferreira questiona paralização das obras da Alça e alerta que a obra vai ficar mais cara.



O vereador Jamerson Ferreira, questionou durante sessão na Câmara Municipal de Patos, a paralização das obras da Alça Sudeste. As obras tiveram início no final do ano passado, onde foi removido parte do asfalto, no entanto, as obras que seriam realizadas pela empresa Engelplan LTDA, não andaram e os problemas para trafegar na via só aumentaram. A reforma da Alça Sudeste e da Rua Manoel Mota, no bairro Jatobá, estão orçadas em R$ 5 milhões.

Durante seu pronunciamento, Jamerson pediu explicações sobre o dinheiro adquirido pela prefeitura, através da Caixa Econômica Federal, para execução da reforma. Segundo o vereador, a obra não anda por falta de planejamento na execução do projeto.

"No dia 7 de janeiro deste ano, o então secretário então secretário de Infraestrutura daquela época, Marcone Santos, justificou a paralização por causa das chuvas e eu disse que era mentira e que a obra não ia começar. Eu disse aqui na tribuna, prefeito, a obra vai ser feita errada. Recentemente eu pedi que a prefeitura fizesse um estudo da qualidade do solo e do asfalto, mas não fui atendido. Hoje a obra está prevista para custar aos cofres do município, cerca de R$ 6 milhões", lamentou Jamerson Ferreira.

O vereador criticou ainda, a qualidade dos serviços realizados nas calçadas e que mesmo com uma empresa contratada para a realização da obra, a prefeitura está fazendo tapa buracos na rodovia.

"Passem lá na alça agora, a obra não sai, dá vergonha trafegar. Estão fazendo uma calçada que vai rachar, pois não tiveram nem o cuidado de preparar o solo para sentar os tijolos. Hoje o prefeito decidiu colocar pó de brita dentro dos buracos, com intuito de remediar a situação", finalizou.

Além da recuperação asfáltica na Alça, estão previstos a construção de uma calçada do outro lado da via, ciclo faixa, drenagem, sinalização tátil para deficientes visuais, iluminação, acessibilidade com rampas.


Assessoria 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.