publicidade

Nilvan chama o governador de “mamulengo de Ricardo Coutinho”



O pré-candidato a governador da Paraíba pelo PL, Nilvan Ferreira, reafirmou seu apoio ao projeto de reeleição de Jair Bolsonaro (PL) e disse que o presidente deve ser reeleito para lhe apoiar a fazer mudanças significativas na Paraíba.

Nilvan classificou o governador João Azevêdo (PSB) como “mamulengo de Ricardo Coutinho” e disse que Campina Grande é uma cidade que tem sido abandonada desde a gestão do ex-governador Ricardo Coutinho (PT).

“Campina tem sido jogada ao léu, às traças, ao esquecimento administrativo. Nas minhas andanças pelo Estado, eu estou colocando, por exemplo, as questões cruciais que envolvem Campina. As pessoas estão cansadas de Cunha Lima, de Veneziano, de Ricardo Coutinho, de João Azevêdo, especificamente Ricardo e João que representam uma organização criminosa que se instalou neste Estado”, disse.

De acordo com o comunicador, a polarização na política existe e as pessoas precisam ter um lado definido em um processo eleitoral, pois quem diz que não é de um lado ou de outro tem um discurso maquiado. Ele ainda defendeu que a Paraíba tenha uma mudança efetiva nos próximos anos, pois “as pessoas reclamam de problemas que vivemos há 40 anos”.

“A mudança de verdade as pessoas estão percebendo a cada dia, que é votar em Nilvan e em Bolsonaro para que a gente possa começar um novo tempo na Paraíba”, colocou.

Nilvan considerou, em entrevista a uma emissora de rádio, que as eleições municipais foram significativas para “saber para onde o vento sopra”. Ele disse que participou da disputa pela Prefeitura Municipal de João Pessoa com muito diálogo e sem comprar votos.

O pré-candidato garantiu que não se une com o Partido dos Trabalhadores e com agentes políticos que classificou como “a bandalheira da política” nem se fosse para ganhar as eleições.


mnegreiros.com/Assessoria 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.