publicidade

Concha Acústica Nilson Batista recebe pintura em homenagem a artistas regionais; evento contará com exposição de telas em bordado




No próximo sábado, dia 19 de março, às 19h, será realizada a entrega da pintura da Concha Acústica Nilson Batista, localizada na praça Edvaldo Mota, no centro de Patos. A pintura intitulada ‘Memória Sonora’ faz homenagem aos musicistas Pinto do Acordeon e Derréis, em obra realizada pelo grafiteiro Martim Lucas.

O evento também contará com apresentação de Hip-hop e exposição de bordados em tela intitulada ‘De repente serpente’, pela artista visual, bordadeira e diretora cinematográfica, Ilanna Thalma. A exposição ocorrerá no Centro de Cultura Amaury de Carvalho, dinamizando o cenário cultural da cidade.

“O intuito de trazer esses artistas é de alavancar a história deles na Paraíba, principalmente Derréis que é um sambista daqui da nossa cidade e que passa por um momento delicado. Então, através de um documentário que tem dele, eu achei que ele está em um momento esquecido pela cidade. Então, eu quis pintá-lo, assim também como Pinto do Acordeom que faz parte da história”, disse Martim.

Já Ilanna Thalma destacou que a exposição ‘De repente serpente’ tem o intuito de retomar os trabalhos que foram prejudicados durante a pandemia, principalmente os trabalhos culturais.

“O intuito é trazer visibilidade para o centro cultural, retomar as atividades culturais de Patos e as minhas como artista. A exposição ‘De repente serpente’ vem para mostrar os meus trabalhos desde os meus primeiros trabalhos, será um compilado de obras minhas desde esse tempo”, explicou.

Os trabalhos ocorrem como contrapartida da Lei Aldir Blanc estadual, tendo o apoio logístico da Prefeitura de Patos, por meio da Secretaria de Cultura.


Coordecom - Patos 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.