publicidade

Audiência Pública debate sobre segurança viária em Patos

 


Em audiência pública na Câmara de Vereadores de Patos, nesta sexta-feira, antecedendo o terceiro domingo do mês de novembro em que vários países celebram o “Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito”, representantes dos órgãos de trânsito (STTRANS, PRF e CPTRAN), da Saúde (CEREST), do executivo municipal e vereadores, debateram a segurança viária de nossa cidade. 

“Buscamos um elo com a câmara de vereadores para a corrente da educação para o trânsito. É necessário tornar majoritário o movimento de incentivo ao respeito às leis que contribuem para a segurança do trânsito. Todo o poder emana do povo e os vereadores são a voz desse poder no município. Portanto, precisamos dessa voz dando apoio moral a fiscalização do trânsito para mantê-la constante. A educação para o trânsito tem efeito a médio e longo prazo. A fiscalização eficiente é indispensável para salvar vidas e evitar as lesões no trânsito. Não se pode proteger atitude de um infrator de trânsito sob o pretexto de ser pai de família trabalhador, pois o Código de Trânsito é pra o pai de família mesmo, pra bandidos temos o Código Penal. A conduta infracional de um pai família pode também matar.” (Antônio Coelho)

Por ano, o mundo em média 1,3 milhão pessoas morrem em causas de sinistros de trânsito. No Brasil em média 40 mil morrem pelo trânsito e mais 200 mil sequeladas pelas graves lesões deixadas pelos sinistros. No município de Patos os boletins de atendimentos as vitimas de trânsito tem constatado um aumento de 36% dos sinistros de trânsito nos finais de semana. Usuários em motocicletas têm sido campeões nesses ainda ditos “acidentes”.


Vicente Conserva - Portal40graus com Assessoria 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.