publicidade

UPA de Patos registra queda nos casos da Covid e aumento em casos de baixa e média complexidade



Nos últimos sete meses a UPA Dr. Otávio Pires de Lacerda, localizada na área Leste da cidade de Patos, realizou mais de 17 mil atendimentos, sendo 4.010 para pacientes com sintomas respiratórios e acometidos pela Covid-19. 

A novidade é que entre os meses de maio e julho houve uma queda acentuada no número desses atendimentos aos pacientes com sintomas respiratórios.

No mês de maio foram 891 atendimentos.  Em junho, esse número caiu para 681 atendimentos. Já em julho passado, os atendimentos para sintomas respiratórios caíram para 368. Só entre junho e julho, a queda foi de 45,9%.

“Os gráficos vão mostrar que existe uma leve redução desde que nós notamos o aumento e a velocidade da administração da vacina”, comentou o diretor da UPA, Anderson Sóstenes.

Anderson Sóstenes ainda pontuou que mesmo havendo uma redução nos casos de pacientes com sintomas respiratórios, uma única dose não garante a eficácia máxima de alguns imunizantes. Ou seja, as pessoas ainda estão propensas a adquirir e transmitir a Covid-19, conforme frisou. “Então, a população tem que ficar atenta para tomar a segunda dose”, lembrou.

Como consequência dessa redução, os casos de atendimentos gerais cresceram entre os meses de junho e julho, em cerca de 24,5%, passando de 1.595 para 1.986 somente nos atendimentos da área verde.



Coordecom

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.