publicidade

Pesquisa aponta João Azevêdo na frente, seguido por Romero Rodrigues

Créditos: Reprodução/ Os Guedes


Pesquisa Datavox/PBAgora, divulgada nesta quinta-feira, 26, apresentou os primeiros números da corrida para as eleições de 2022 ao governo do Estado. O resultado apontou o governador João Azevêdo (Cidadania), candidato à reeleição, na liderança das intenções de voto, com 37,5% de preferências, enquanto em segundo lugar desponta o ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, do PSD, com 14%. Por sua vez, o ex-prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, do PV, ficou situado na terceira posição com 7,4% e o senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB) alcançou 5,8%.

 

O portal “PBAgora” diz ser o primeiro a trazer os números da corrida eleitoral na Paraíba em campo estadualizado, faltando pouco mais de um ano para a realização do pleito e acrescentou que a pesquisa foi realizada na modalidade estimulada, em que o entrevistado opta por nomes pré-definidos. O número de indecisos foi de 20,1% e superou a porcentagem obtida pelo segundo colocado no levantamento, enquanto os brancos e nulos somaram 9,6%. Foram ouvidos 2.000 eleitores de 70 municípios, com 16 anos ou mais, no período de 22 a 24 de agosto, e o nível de confiança utilizado é de 95%, o que quer dizer que há probabilidade de 95% dos resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro.

 

Pela pesquisa, foram relacionados ainda os nomes da senadora Daniella Ribeiro, do PP, com 4,5%, da vice-governadora Lígia Feliciano (PDT), com 0,6% e até do Ministro da Saúde, o cardiologista paraibano Marcelo Queiroga (sem partido), com 0,5%. Marcelo Queiroga tem sido estimulado pelo presidente Jair Bolsonaro a entrar na atividade política, disputando um mandato pelo seu Estado, e a preferência recairia por uma candidatura ao Senado ou à Câmara Federal, mas ele também é mencionado em rodas políticas como alternativa ao Palácio da Redenção. Já Lígia Feliciano tem sido cogitada por partidos de oposição a Azevêdo para encabeçar uma chapa majoritária ou participar de uma chapa majoritária de oposição.

 

O ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, presidente estadual do PSD, admitiu hoje, em entrevista a emissoras de rádio, que tem procurado aprofundar conversas com o deputado federal Aguinaldo Ribeiro, do Partido Progressistas, trocando ideias sobre formação de chapas majoritárias em 2022. O parlamentar do PP, até então, tem admitido a hipótese de concorrer à vaga ao Senado no próximo ano, até mesmo em composição com o esquema do governador João Azevêdo (Cidadania), que igualmente menciona o seu nome como alternativa. O deputado Efraim Filho, do Democratas, é o mais empenhado em construir um projeto de candidatura ao Senado, já contando com o apoio do senador Veneziano Vital do Rêgo, presidente estadual do MDB, de deputados federais de vários partidos e de prefeitos de mais de uma centena de municípios paraibanos.



Os Guedes

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.