publicidade

COORDENADORIA DE POLÍTICAS PÚBLICAS PARA MULHERES DE MALTA DÁ CONTINUIDADE EM AÇÕES NO COMBATE A POBREZA MENSTRUAL



A Prefeitura de Malta através do Programa Malta Pela Vida (MPV) em parceria com a Coordenadoria de Políticas Públicas para Mulheres (CPPM), a Secretaria de Assistência Social do Município e a Equipe de Residentes Multiprofissionais de Saúde da Unifip realizaram a 2° etapa no Combate à Pobreza Menstrual, fazendo a distribuição de kits de higiene pessoal e desenvolvendo uma série de ações com o foco principal em levar o debate sobre temas importantes e relevantes para as adolescentes, tais como: autoestima, autoconfiança, saúde da mulher, quebra de padrões entre outros.

As adolescentes da zona rural também participaram da ação, inclusive a equipe da Assistência Social foi até a comunidade do Sítio Areias promover o debate sobre o tema com as adolescentes que moram no sítio e nas proximidades. Os encontros foram produtivos e de grande importância para todas as jovens, que são assistidas pela Assistência Social e a maioria fazem parte do (SCFV) - Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos. É importante destacar que foi realizado um encontro na cidade e que também contou com a participação de 03 adolescentes da zona rural, do sítio Areias.

Nos encontros foram entregues kits de higiene pessoal para as adolescentes em situação de vulnerabilidade, os kits incluem absorventes e outros itens essenciais para a higiene das meninas. O objetivo é garantir que elas tenham assistencialismo durante esse período. Pois, enquanto uma parte das mulheres discutem o tabu e os mitos que permeiam a menstruação, com a possibilidade de se reconectarem com a essência feminina, outra parcela da população não tem acesso ao básico para manter a rotina mensal de higiene que o período exige, como um absorvente, por exemplo. Para muitas, o produto ainda é artigo de luxo.

Aparecida Moreno, Coordenadora da CPPM, frisou a importância da participação da Assistência Social do Município e da CPPM nessa luta: "Queremos contribuir para a dignidade menstrual dessas adolescentes. A gente observa que muitas delas, quando precisam fazer alguma economia dentro de casa, não incluem o absorvente na lista de prioridades. Têm mulheres que ainda utilizam miolo de pão, pedaços de papel para estancar o sangue -, infelizmente ainda acontece e nosso intuito é acabar com essa pobreza menstrual", disse a Coordenadora da CPPM, Aparecida Moreno.

Com a pandemia do novo coronavírus, o cenário econômico para as mulheres foi diretamente impactado, impossibilitando muitas vezes a aquisição dos produtos de higiene pessoal. E foi pensando nisso que a Secretaria de Assistência Social do município irá reunir as equipes para discutirem pautas pontuais sobre o tema e continuar realizando essas ações com as mulheres do município.

 

NOSSA MARCA É O TRABALHO!


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.