publicidade

Nilvan Ferreira diz que poderá ser candidato a deputado federal e que Romero Rodrigues é nome mais forte para governo



Parece que a oposição da Paraíba está ‘vacinada’ no que tange a estratégia. Visto que no último pleito estadual uma indefinição facilitou a vida da situação, na época comandada por Ricardo Coutinho.

Uma ‘briga’ de vaidade dividiu a força da oposição no pleito 2018, ora era Luciano Cartaxo, outra ora era Romero, mais tarde Pedro Cunha Lima e terminou em Lucélio Cartaxo. O resultado vitória fácil de João Azevedo no 1º turno. O candidato obteve 58,18% dos votos válidos no primeiro turno das Eleições 2018. A Justiça Eleitoral concluiu a apuração das urnas às 23h. Lucélio Cartaxo (PV) obteve 23,41% dos votos, Zé Maranhão (MDB), 17,44%, Tárcio Teixeira (PSOL), 0,81% e Rama Dantas (PSTU), 0,16%.

Nesta segunda-feira (21), a turma da oposição se reuniu para definir o futuro, pelo menos 7 partidos estiveram na reunião e já foi divulgado um discurso, que o candidato sairá em menos de um mês.

Estiveram presentes  no encontro politico o ex-candidato a prefeito de João Pessoa, o radialista Nilvan Ferreira, o ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues(PSD), os deputados federais Pedro Cunha Lima (PSDB), Ruy Carneiro (PSDB), os estaduais, Tovar, Camila Toscano, Cabo Gilberto(PSL) e Wallber Virgolino (Patriota) e ainda o secretário especial do Desenvolvimento Social, do Ministério da Cidadania, o procurador da Fazenda, o pastor Sérgio Queiroz.

Nesse fim de semana, o ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD) disse que em um mês o nome sairá, contudo  o deputado federal Ruy Carneiro (PSDB) disse na Rádio Arapuan nesta segunda (21) que o nome deve ser divulgado em 15 dias. Parece que aprenderam a lição de 2018.

O Blog do Jordan Bezerra conversou, na tarde desta segunda (21), com Nilvan Ferreira, presidente estadual do PTB, que contou as novidades da reunião da oposição.

Foi questionado sobre quem será o possível candidato a governo em 2022? Para Nilvan Ferreira o ex-prefeito de CG, Romero Rodrigues é nome mais forte.

Sobre seu futuro político, foi questionado para qual cargo colocará seu nome na disputa em 2022, disse que vai discutir com o partido PTB, mas a hipótese mais provável é ser candidato a deputado federal.

Em relação ao PP, disse que o partido tem que definir se é situação ou oposição.

Sobre a ausência na reunião  do ex-prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo(PV), disse que o ex-gestor tem dito que ficará no bloco da esquerda.

Questionado se acredita em uma possível candidatura a governo da senadora Daniella Ribeiro (PP). Respondeu: Não sei.

 

 

Blog  do Jordan Bezerra/ Política 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.