publicidade

Esposa de vereador da PB recebeu R$ 2 mil do Bolsa Família mesmo com emprego em construtora



A companheira do vereador da cidade de Prata, José Erinaldo de Souza, recebeu mais de R$ 2 mil do Bolsa Família – benefício destinado para socorrer famílias em vulnerabilidade social – mesmo possuindo vínculo empregatício com uma construtora e após o esposo ter sido eleito em 2020 para o cargo no legislativo. Ao todo ela recebeu, em nome próprio R$ 2.096,00 no período de janeiro a outubro de 2013 e janeiro a abril de 2021.

De acordo com dados do Tribunal de Contas da Paraíba (TCE-PB), um vereador recebe R$ 4.350,00 na cidade de Prata.

Após ser notificada pelo Ministério Público Federal (MPF), Maria Edineide da Conceição afirmou viver em união estável com José Erinaldo de Souza desde 2018, quando se mudou para o município de Prata.

Ela alegou não ter atualizado o cadastro porque ainda não vivia matrimonialmente com o companheiro, e que por desconhecimento não realizou a atualização mesmo após passarem a conviver e o esposo ter sido eleito.

A investigação do Ministério Público Federal identificou que Maria Edineide foi funcionária de uma construtora entre novembro de 2012 e outubro de 2013, quando já era beneficiária do bolsa-família, tendo também nessa ocasião, se omitido de atualizar o cadastro.

Maria Edineide firmou um acordo de não persecução penal (ANPP) com o MPF para evitar ser acionada na Justiça.


Fonte: Paraíba.com.br

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.