publicidade

Bomba: primeira-dama de Catingueira é suspeita de usar perfil Fake para atacar adversários políticos



O Blog do Jordan Bezerra teve acesso com exclusividade aos documentos de uma investigação sobre perfis falsos (FAKE), no munícipio de Catingueira-PB, região metropolitana de Patos. O pedido de investigação foi protocolado  pela Coligação ‘POR AMOR A CATINGUEIRA’.

 

Na solicitação junto à Comarca de Piancó, o juiz pediu que a Empresa Facebook retirasse do ar o perfil denominado ‘RICARDO GOMES’, que constantemente vivia atacando de forma pejorativa o candidato Suélio Félix (Democratas) e seu grupo político. Pediu ainda que o Facebook também informasse um relatório de uso desse perfil.

 

O Excelentíssimo Senhor Pedro Davi Alves de Vasconcelos, magistrado da 32ª Zona Eleitoral (Piancó/PB), nos termos do art. 96, § 5º, da Lei Federal nº. 9.504/97 c/c o art. 18 da Resolução TSE nº. 23.608/2019, determina que se cumpra a presente diligência, conforme a seguinte finalidade: INTIMAÇÃO de FACEBOOK SERVIÇOS ONLINE DO BRASIL LTDA. para, no prazo de 2 (dois): a) SUSPENDER, até posterior deliberação, o perfil "RICARDO GOMES" (URL abaixo discriminada), sob pena de multa diária da ordem de R$ 5.000,00 (cinco mil reais), limitada a R$ 100.000,00 (cem mil reais).

 

 Decisão do Juiz

 

 

Pois bem, o Facebook enviou o relatório completo, onde apontou os IPs de acesso. O IP de um computador é uma espécie de CPF de uma pessoa. Com ele em mãos os IPS foram identificados, ou seja, os computadores (clips) que eram usados para os ataques ao candidato Suélio Félix e seu grupo.

Relatório do Facebook


Com o relatório em mãos a defesa da Coligação solicitou junto à justiça que a Operadora de  telefônica Móvel TIM identificasse os usuários dos perfis falsos. A TIM enviou o relatório e de acordo com o documento oficial quem seria o responsável pela linha telefônica é a senhora primeira-dama de Catingueira, Faldrecya de Sousa Queiroz, esposa do  prefeito Dr.Odir Borges.

 

Relatório da TIM

 

O Tribunal Superior Eleitoral alertou por várias vezes durante a campanha eleitoral e também  condenou que alguém se utilizasse do artifício de má-fé da propaganda falsa, as famosas FAKE NEWS,  apesar das pertinentes advertências, muitos políticos ou pessoas a serviço deles se utilizaram desse expediente criminoso. Para a Justiça Eleitoral é uma prática externamente danosa à sociedade brasileira e, sobretudo, ao processo  democrático de qualquer país, pois deixa a disputa desigual e nada republicana, naturalmente  pode influenciar o eleitor no momento de escolher seu representante.

 

O Blog do Jordan Bezerra deixa o espaço aberto para a senhora primeira-dama de Catingueira esclarecer os fatos citados nos documentos.

 

 

Blog do Jordan Bezerra | Denúncia

 


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.