publicidade

Ação Ditatorial: PSL Estadual, Comandado por Juliam Lemos, Inativa Órgão Partidário Municipal na Paraíba



Uma ação unilateral do diretório do partido Social Liberal na Paraíba (PSL/PB) tem gerada várias discussões no município de São Bento, principalmente após a divulgação de uma Nota de Repúdio do então ex-presidente municipal do PSL, Ustewan Monteiro Diniz.

Após tomar conhecimento da Nota e ocorrido no PSL, a equipe da SBM Post solicitou mais informações ao senhor Ustewan Diniz. Seguem os fatos:

  1. Prefeito de São Bento, Jarques Lúcio (Cidadania), se reuniu com o deputado Juliam Lemos para tratar de recursos para o município. Contudo, em suas redes sociais, o prefeito anunciou aliança entre os partidos para eleição 2020 no município.
  2. PSL municipal contatou o deputado Juliam Lemos que informou que não havia nenhuma fala dele com relação a um acordo para aliança com o Cidadania na cidade de São Bento, desmentindo então a fala do prefeito.
  3. PSL municipal emitiu Nota de Esclarecimento, divulgada em primeira mão pela SBM Post (https://sbmpost.home.blog/2020/08/24/partido-social-liberal-sao-bento-pb-nota-de-esclarecimento/), desmentindo a aliança anunciada pelo prefeito e informando que o órgão partidário municipal em nenhum momento foi contatado pelo gestor municipal.
  4. Deputado Juliam Lemos contatou o representante municipal do partido para se queixar da Nota de Esclarecimento, dando a entender que faltou com a verdade, quando falou que não houveram conversas sobre aliança na reunião ocorrida com o prefeito.
  5. Partidos de oposição a atual administração do município de São Bento contataram o representante municipal, respeitando o bom diálogo e a ética política, para tratarem acordo sobre possível aliança.
  6. Diretório Estadual foi comunicado das reuniões com as oposições e informou que o Órgão Municipal deveria seguir como oposição, e não sair em apoio a partido de esquerda (Cidadania), como assim já era defendido pelo próprio diretório estadual.
  7. Irmão do deputado Juliam Lemos, o senhor Nilo Lemos, contatou o representante municipal do PSL e solicitou que aguardasse para definir qualquer aliança no município de São Bento, o que causou estranheza.
  8. Senhor Ustewan Diniz tentou várias vezes contato com o diretório estadual para resolver questões do partido, não obtendo resposta.
  9. Representante municipal do PSL tomou conhecimento da inativação do órgão partidário, por parte do diretório estadual, por terceiros, não tendo sido, em nenhum momento, comunicado previamente da ação, mostrando a falta de ética do senhor Juliam Lemos.
  10. Senhor Ustewan Diniz comunicou que um funcionário da prefeitura de São Bento informou que o prefeito já tinha conhecimento da ação do diretório estadual, indicando, desta forma, o caráter e a ética política do deputado federal Julian Lemos.

Ao que tudo indica, leitores (as), cai mais uma máscara do deputado federal pelo PSL, Juliam Lemos, que sempre pregou que os representantes municipais tinham autonomia para decidir quanto a eleição 2020, conforme repassada informação do senhor Ustewan Diniz, assim como falava em seus discursos que é contra ditaduras ou apoiadores de tais regimes, o que é pregado pelo diretório estadual do PSL, mas de forma ditatorial, por ter seus interesses políticos questionados, decidiu revelar sua verdadeira face e como faz política.

Por fim, cabe informar a todos (as), que os hoje destituídos foram os que defenderam e fizeram campanha para conseguir votos para o deputado em 2018 no município de São Bento, e os que hoje ele busca parceria, eram pessoas que o criticavam e debochavam da sua candidatura. Como já dizia um grande sábio: “O poder tem a força de mudar ou revelar o verdadeiro caráter de um homem”.




sbmpost.home.blog

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.