publicidade

Crise em Patos? SINFEMP diz que número de servidores aumentou em 511 de janeiro a junho de 2020


Crise no município de Patos? De acordo com o SINFEMP está longe disto, pois o prefeito interino de Patos, Ivanes Lacerda (Republicanos) já contratou no período de 6 meses 511 servidores. Em plena pandemia, nada mal.


O Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região (SINFEMP) afirmou que de acordo com dados do portal da transparência e do Sagres, a Prefeitura Municipal de Patos aumentou em 511 o número de servidores, especialmente com contratados e comissionados.


No mês de janeiro, existiam 3.197 passando para 3.708 no mês de junho. Já a folha de pagamento aumentou em R$ 1.583.253,40 no mesmo período, ou seja, de janeiro a junho de 2020.


Para a presidente do SINFEMP, Carminha Soares, poucos servidores aprovados no último concurso foram chamados, sendo em sua maior parte ocorrida muitas contratações e aumentado o número de comissionados na gestão. ”O concurso foi feito com 298 vagas e esse pessoal, em sua maioria, foram chamados em 2019, ficando apenas os vigilantes que não estão incluídos, até porque não foram chamados para trabalhar”, disse a mesma.


A sindicalista lamentou esse aumento de servidores, como também na folha de pagamento, pois todas as propostas de revisão salarial, retorno das gratificações, foram negadas pelo prefeito interino de Patos, Ivanes Lacerda, alegando índice prudencial, lei de responsabilidade fiscal, dentre outras coisas. “Para repor o direito dos servidores se cria toda uma dificuldade, mas para contratar e comissionar sem concurso, a crise desaparece”, denunciou a mesma.

 


Blog do Jordan Bezerra/Com informações do SINFEMP

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.