publicidade

Ilmara Morais demonstra preocupação com o “colapso” da UTI no HRP e pede providências das autoridades


A ex-candidata a Deputada Estadual e pré-candidata a vereadora em Patos pelo Patriotas, Ilmara Morais, mostrou preocupação e pediu providências das autoridades, quanto ao esgotamento de vagas de leitos da Unidade Terapia Intensiva (UTI), no Hospital Regional de Patos (HRP). Ilmara afirmou que pediu a todos aqueles eleitos com o voto de confiança das populações, não só de Patos, porém da Região, que tivessem posturas de representantes e cobrassem ações para dar resolução a este problema. Ela lembrou que tanto nas esferas municipal, estadual e federal, o povo de Patos e da Região escolheu seus representantes, contato, agora é o momento dessa confiança depositada pelo povo, ser retribuída com cobranças eficazes, ações que possam atender a demanda.

“Nosso Hospital Regional é uma unidade muito procurada, atende a Patos e diversos municípios, inclusive de outros estados. Não podemos admitir que tenhamos uma unidade de UTI, apenas com 10 leitos, quando o HRP, responde por uma margem de no mínimo 200 mil pessoas, que em casos graves procuram aquela casa hospitalar. Temos vereadores, prefeitos, deputados estaduais e federais, senadores e o governos estadual e federal, agora é o momento dos representantes do povo, entrar em ação, cobrar, exigir soluções, já que não tem como as populações gritarem diretamente, fazer suas reivindicações nos gabinetes”, cobrou ela.

Tendo sido candidata a Deputada Estadual em 2018, Ilmara também se prontificou de fazer suas cobranças, aos representantes que ajudou a eleger, e disse que será ativa nessa função, pois agora não se pode colocar a política partidária, ideologia ou vaidade à frente do que a população em enfrentando.

“Eu tenho meus amigos, meus representantes assim como todos nós, vou fazer minhas cobranças, lembrar que ajudamos eleger pessoas que hoje estão em cargos porque foram votados em Patos e Região, inclusive com nosso apoio, e precisamos dessas ações. Não podemos ficar paralisados nas discussões ideológicas ou partidárias, enquanto nossa saúde, as nossas casas hospitalares sofrem sem poder atender o povo. Deixar pra discutir a política partidária, ideologias e eleição na hora certa, agora é preciso ação de quem está no poder”, cravou ela.

Sugestão

A pré-candidata falou sobre um Hospital de Campanha para atender os casos de infectados com o Convd-19. “Já foi sugerido para nossa cidade, um hospital de campanha, uma extensão para atendimentos de casos de pacientes com Covid-19, mas, o governo afirmou que não era preciso, agora vemos a necessidade de ter mais esse instrumento para atender os pacientes que por ventura venham precisar. Então, para aqueles que estão como representantes do povo, que se movimentem, que cobre, busquem ações, a população está deriva, está receosa e nós não podemos mais esperar”, concluiu Ilmara.



Assessoria 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.