publicidade

Dinaldinho comenta nova denúncia do MPPB e diz que se surpreendeu, pois o fato se dá às vésperas de seu julgamento no Tribunal

O prefeito afastado de Patos, Dinaldinho Wanderley enviou sua versão à redação do Patosonline.com no início da noite desta terça-feira, 16 de junho, sobre a nova denúncia do Ministério Público da Paraíba, o acusando de falsidade ideológica, crime previsto no artigo 299 do Código Penal, por ter inserido declaração falsa em documento público. O processo 0000178-57.2020.815.000 tem como relator o desembargador João Benedito da Silva.

Veja a versão do prefeito afastado:
“Obrigado por entender que atualmente não estou dando declaração sobre processo, ou concedendo entrevista, por sugestão dos meus advogados. Além disso, acabei de perder meu pai. Não fui citado ainda deste processo. Só me surpreende que, às vésperas de o Tribunal julgar meu retorno para o cargo de Prefeito de Patos, estando afastado há 1 ano e 10 meses (sem qualquer condenação transitada em julgado), o MPPB ofereça nova denúncia. Acredito muito, mas muito mesmo na imparcialidade da nossa Justiça e do Ministério Público da Paraíba”.
O prefeito denunciado foi afastado em 2018 após ele ter sido denunciado pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) na ‘Operação Cidade Luz’. O afastamento foi mantido pelo Pleno do TJPB em 2019.


Patosonline.com

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.