publicidade

Covid-19: Dr. Ramonilson propõe audiência pública com autoridades para encontrar soluções neste momento de Pandemia

O atual momento em que Patos atravessa assim como todo o país, requer além de explicações, soluções para o retorno da vida em sociedade, por inúmeros motivos. O pré-candidato a prefeito o Juiz Ramonilson Alves, protocolou junto ao Ministério Público, um pedido de Audiência Pública, para que seja melhor explicado, números da situação atual, ações de publicização para o combate ao contágio e proliferação do Covid-19, além de debater uma maneira responsável da volta gradativa das atividades normais da população de Patos. 

“Sensível à necessidade de, primeiro a preservação da vida e da saúde das pessoas; segundo; que o cidadão tem o direito de saber o que está sendo feito com o dinheiro dele, para reforço no suporte do sistema de saúde, notadamente instalação de novos leitos no HRP (normais e UTIs); terceiro; que a vida e a saúde das pessoas dependem do exercício do trabalho, principalmente na atividade comercial ou como autônomos, solicito a Vossa Excelência, a designação de uma audiência Pública em data Urgente para: a) este cidadão e a população ser informada do que está sendo feito para reforço no suporte do sistema de saúde, notadamente instalação de novos leitos no HRP (normais e UTIs); b) com base na instalação dos novos leitos no HRP e nos últimos dados, firmar um possível calendário no retorno das atividades sociais e econômicas na cidade (direito da cidadania), com os cuidados e segurança necessários à semelhança do que ocorre nos supermercados, farmácias, consultórios médicos, escritório de advocacia, mercado da carne dentre outros”, argumenta o pré-candidato. 

De acordo com o Juiz, ele não está, em absoluto, pregando uma defesa irresponsável do imediato e descontrolado retorno de todos os contatos sociais; mas, que no mínimo, as pessoas sejam informadas do que está sendo feito pelos governos do Estado da Paraíba e do Município de Patos, para melhorar o sistema de saúde e, finalmente retornar a vida em sociedade. 

O juiz Ramonilson ainda pede a notificação para o comparecimento de órgãos e instituições, representados por no mínimo duas pessoas: Prefeitura de Patos; Hospital Regional; Associação Comercial; Comerciantes dos Mercados Públicos; Outros que a Promotoria Pública julgar necessário.
















Assessoria 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.