publicidade

Francisca Mota rompe o silêncio, reconhece liderança e lamenta a morte de Dinaldo

A ex-deputada estadual e ex-prefeita de Patos, Francisca Mota, rompeu o silêncio que perdurava desde seu afastamento em 9 de setembro de 2016; Chica Motta como é carinhosamente conhecida, falou a Rádio Arapuan FM na manhã de hoje (25) durante o programa Paraiba Verdade, apresentado pelo jornalista Jamerson Ferreira, que trouxe um áudio onde ela lamentou a morte do também ex-deputado e ex-prefeito Dinaldo Wanderley, que veio a óbito nas primeiras horas ontem (24) na capital João Pessoa, vítima do novo coronavírus.

Francisca afirmou que já sabia que Dinaldo estava hospitalizado e se recuperando da Covid-19, por isso tinha a certeza que ele iria se curar e ficar bem, porém foi pega de surpresa com a notícia da morte dele através de um grupo de mais WhatsApp.  

“Ninguém irá esquecer do líder, do grande líder Dinaldo Wanderley, um homem que gostava do povo, que continuava em Patos com seus amigos, enfrentando as dificuldades que nós sempre enfrentamos, por isso será sempre lembrado”, afirmou Francisca Motta.

Por fim, Francisca disse que todos os embates políticos foram esquecidos, pois  o momento é de reconhecimento e solidariedade com a dor da família, reconhecimento da a importância de Dinaldo para a cidade Patos,  seja como ser humano como homem público. 



Política para quem Gosta 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.