publicidade

Ex-presidente da C.M. de Vereadores de Cacimba de Areia tem direitos políticos suspensos após condenação

O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), condenou o ex-presidente da Câmara Câmara Municipal Vereadores de Cacimba de Areia-PB, Gilson Ferreira da Nóbrega, que presidiu a casa Justiniano Ferreira no biênio 2011-2012, com a suspensão dos direitos políticos por três anos e multa civil no importe de 10 (dez), o valor da última remuneração percebida pelo réu enquanto presidente da citada Câmara de Vereadores. 

A condenação se deu pelo fato do entendimento do TCE que o ex-vereador Gilson Ferreira, enquanto presidente do poder legislativo, praticou ato submissível à Lei de Improbidade Administrativa – LIA, nomeando parentes para o cargo comissionado de Tesoureiro da referida casa. O que configura-se na prática de nepotismo. 

De acordo com a narrativa do TCE, o ex-presidente da câmara, nomeou seu genro para o cargo citado no ano de 2011 e sua própria filha, para o meso cargo em 2012.

Confira a Sentença 




Com informações do TCE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.