publicidade


Através de cópia enviado a este portal, a Rede e o Professor Jacob, através do Presidente Municipal, o Babá, e o Advogado, Dr. Carlos Monteiro, tomamos conhecimento do documento que será protocolado em vários órgãos públicos pedindo transparência dos gastos no combate ao Covid-19 a Prefeitura de Patos.
O documento será enviado ao Ministério Publico Estadual e Federal, a Controladoria Geral da União, a Câmara de Vereadores e a Prefeitura de Patos.
O objetivo é uma maior transparência dos gastos públicos nesse momento de Pandemia, além do alto valor de dinheiro recebido pela Prefeitura, na base dos 10 milhões de reais.
Professor Jacob também propôs uma união de esforços entre classes profissionais para facilitar a transparência e sugeriu uma espécie de extrato semanal com cada gasto realizado.
Professor Jacob: “Sabemos das dificuldades, entendemos e respeitamos. Mas a Prefeitura precisa esclarecer melhor os gastos ao povo de Patos. Não há licitação e o dinheiro público precisa ser fiscalizado independentemente de quem esteja governando. Só queremos isso: que o povo saiba para onde está indo todo o dinheiro para combater o Coronavírus de forma clara, detalhada, e sem dificuldades.”
Já o Dr. Carlos Monteiro enfatizou a dificuldade de acesso ao portal da transparência da Prefeitura, além de ser difícil entender os gastos realizados: ” Não há objetividade nos gastos. Não há objetividade no detalhamento. E o povo de Patos está perdido querendo saber do dinheiro. Apenas queremos compreender o que está acontecendo para poder fiscalizar.”


Assessoria/Patosonline.com

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.