publicidade

Prefeito se reúne com empresários e decide por novas medidas a partir da quinta-feira As empresas serão abertas em meio expediente, das 8h às 12h, como forma de manutenção dos empregos.

A Associação Comercial e Industrial de Patos foi palco, na tarde deste domingo, 12 de abril de 2020, de mais um encontro entre o prefeito e empresários para a discussão de novas medidas de disciplinamento do comércio neste período de pandemia do CORONAVÍRUS. 
Ao final dos debates ficou acordado que as empresas serão abertas, a partir da próxima quinta-feira, em meio expediente, das 8h às 12h, como forma de manutenção dos empregos, uma vez que o Governo Federal, segundo Medida Provisória, entrará com a outra parte em ajuda, como forma de apoiar a economia, evitando demissão em massa. 
Outra determinação é no sentido da obrigatoriedade do uso de máscaras no interior das lojas e a fiscalização será de responsabilidade dos seus proprietários. Com relação aos mercados, após uma série de questionamentos, o prefeito interino, Ivanes Lacerda, prometeu um maior disciplinamento, nos mesmos moldes em que foi estabelecido para as empresas, limitando a abertura e exigindo o uso do equipamento de protrção, mesmo procedimento a ser adotado nas feiras livres, que receberão estrutura para entrada controlada. 
Com relação às restrições do decreto atual, prevalecerá o fechamento de restaurantes e bares para o público, havendo a possibilidade de flexibilização para salões de beleza, no sentido de que atendam por horário marcado, com todas as precauções. Um comunicado será feito ao CRM – Conselho Regional de Medicina, pelo Governo Municipal, assinalando todas as medidas de precaução, que passam a ter força de lei no município de Patos. 
Os empresários foram representados no evento pelo presidente da ACIAP – Iramilto Medeiros, da CDL – Oton Ferreira e do SINCOVEP, na pessoa do seu vice-presidente, José de Sales Martins, que supriu a ausência, justificada, do titular, Carlos Pinheiro Cavalcante. 
O CRM esteve representado pelo médico Jânio Rolim, que também falou em nome da direção do Hospital Regional, o advogado Gustavo Soares e o representante da distribuidora Pau Brasil, também tiveram participação ativa nas discussões, dentre outros.

Ascom

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.