publicidade

Em sessão remota, Câmara de Patos aprova projeto de 30h e de gratificação para servidores públicos municipais

A Câmara Municipal de Patos realizou na noite desta sexta-feira (3), uma sessão extraordinária remota (através de videoconferência) onde foram aprovados, por unanimidade, em 1ª e 2ª votação, dois importantes projetos de Lei.
O primeiro projeto discutido e aprovado foi o de nº 7/2020 de autoria do Poder Executivo que concede gratificações para algumas classes de comissionados e efetivos do município, alterando dispositivos da LEI MUNICIPAL Nº 3.809 de outubro de 2009. 
O outro projeto aprovado foi o de nº 324/2019, proposto pela vereadora Nadigerlane Rodrigues e de autoria de todos os vereadores da Casa, que dispõe sobre autorização de regulamentação da carga horária de 40 horas semanais para 30 horas, para todos os servidores públicos do município de Patos e dá outras providências.
“Foi uma Sessão bastante positiva, onde os vereadores participaram através de videoconferência onde todos tiveram direito ao debate e manifestaram seu voto. Todos os vereadores presentes votaram favoráveis à aprovação dos projetos e só quem ganha com isso são os servidores públicos municipais, essa categoria que tanto colabora para o desenvolvimento do nosso município”, destacou a presidente da Câmara, Tide Eduardo.
O 1º secretário da mesa diretora, vereador Ramon Pantera, parabenizou os demais vereadores pela aprovação dos projetos.
Foram dois importantes projetos aprovados, por unanimidade, o que me deixou bastante feliz porque os servidores públicos do nosso município merecem, principalmente pela aprovação do projeto das gratificações, pois sabemos que muitos servidores tinham rendas extras e que diante dessa pandemia muitos já perderam, então as gratificações chegam em boa hora. Agradeço a todos os vereadores que entenderam a importância e votaram a favor e hoje os servidores públicos e os comissionados saíram ganhando”, enfatizou Ramon.


Assessoria

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.