Header Ads

Vereador critica projeto de remanejamento de recursos com data retroativa em São José de Espinharas


Após o envio de um projeto por parte do Poder Executivo do município de São José de Espinharas-PB, para o Poder Legislativo, solicitando autorização para remanejamento de crédito, o vereador Chiquinho Morais (PSDB), expressou sua  preocupação com o pedido de remanejamento.

“O projeto de remanejamento, enviado pelo executivo foi apresentado na última sexta 29.11, gerou muitas dúvidas entre os vereadores, pela forma que foi apresentado, não especifica o valor, nem de onde nem pra onde irá ser realocado os valores nem como sera gasto, além de ter data retroativa a janeiro de 2019. Tivemos uma explicação do contador da prefeitura na sessão, segundo ele (se não fosse votado o projeto não seria pago a última parcela do 13º), lembrando que no projeto não especifica que o remanejamento seja para pagamento do 13º, trazendo ainda mais dúvida para os pares”, explicou o parlamentar.

Em contato com o nosso site o vereador deixou bem claro sua opinião, quanto a esta solicitação do prefeito Neto Gomes (PSB).

“Minha posição é de avaliar a matéria, sempre estudo as proposições antes de vota la, apenas estou buscando um parecer técnico jurídico para saber de que se trata a matéria. Devemos ter responsabilidade ao votar as matérias”,  cravou Chiquinho.

Ao finalizar sua linha e raciocínio, ele deixou uma dúvida no ar, com relação ao tempo, o período que o projeto chegou a casa Sebastião Ferreira Nóbrega.

“Outra dúvida dos pares é por que o executivo enviou para a casa o projeto na ultima sessão do ano?”, questionou Morais.



Eduardo Rabêllo/Sertão Político 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.