Header Ads

‘Nordeste mora no coração do Brasil’, diz Bolsonaro em Campina Grande

O presidente Jair Bolsonaro participou, na manhã desta segunda-feira (11), da cerimônia de entrega do Conjunto Habitacional Aluízio Campos, em Campina Grande. Vieram com ele o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, e o presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes. Jair Bolsonaro chegou 10 minutos antes do previsto e foi saudado aos gritos de ‘mito’.

Participam da solenidade o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues; o vice-prefeito, Enivaldo Ribeiro; a vice-governadora do Estado, Lígia Feliciano; os deputados federais Damião Feliciano, Ruy Carneiro, Efraim Filho e Pedro Cunha Lima; a senadora Daniella Ribeiro; e o ex-senador Cássio Cunha Lima.

O presidente Jair Bolsonaro foi o último a discursar na solenidade e fez elogios ao ex-senador Cássio Cunha Lima. Ele comentou a recepção calorosa de Campina Grande a Cássio. “Pelo o que vi dele neste dia, ele tem mais uns 40 anos para trabalhar para todos nós”, disse Bolsonaro, que também elogiou o potencial de liderança de Romero Rodrigues.

“Não existe momento maior de satisfação para um político do que ser bem recebido pelo seu povo. Estou aqui com muita honra, revendo vários amigos, amigos que acreditaram lá atrás na possibilidade de mudar o Brasil. Obrigado a todos que colaboraram com essa obra”, disse Bolsonaro.

O presidente da República disse que o cenário político nacional está mudando e comemorou aprovações de pautas do governo na Câmara e no Senado. “Quero entregar ao meu sucessor um Brasil bem melhor do que eu recebi em janeiro, com sérios problemas éticos e econômicos. Os éticos já estamos resolvendo. O Brasil está retomando a sua confiança no mundo. Nossas últimas viagens foram um sucesso”, falou.

Ainda conforme o presidente, parte dos próximos investimentos internacionais serão destinados ao Nordeste. “O Nordeste mora no coração do Brasil, é uma parte importante para o país. Não há como falar em futuro, sem falar em vocês, cabras da peste. Meus irmãos nordestinos, muito obrigado pela confiança”, declarou, lembrando da votação expressiva que obteve na Paraíba.

Início da solenidade


Após execução do hino nacional pela cantora Gitana Pimentel, houve pronunciamento de Romero Rodrigues. Ele destacou que o Aluízio Campos é “resultado de um trabalho sério, dedicado e permanente” e agradeceu a presença das autoridades políticas.

“Gostaria de dar as boas-vindas ao nosso querido presidente da República, Jair Messias Bolsonaro. Aqui, presidente, estamos no Nordeste brasileiro. Aqui é Paraíba, é Campina Grande. Grande por seu próprio nome, grande pelo seu povo. Para nós é uma honra imensa contar com sua presença no dia de hoje. Quero saudar também o ministro Gustavo Canuto”, disse Romero, no início de seu discurso.

O prefeito de Campina Grande ainda citou parcerias para construção do complexo ao longo dos anos e agradeceu a todas as pessoas envolvidas no projeto. “O dinheiro foi aplicado corretamente. Agradeço a toda nossa equipe. Do mais graduado ao mais simples servidor da Prefeitura. A dedicação de todos nos sensibilizou muito. Obrigado pela dedicação e compromisso”, disse.

O Conjunto Habitacional Aluízio Campos, situado no bairro do Ligeiro, nasce com população superior a 180 municípios paraibanos. O investimento inicial tem a participação da União, com recursos da ordem de R$ 300  milhões, com a contrapartida da Prefeitura Municipal de Campina Grande, com mais R$ 30 milhões e toda infraestrutura, oferecendo condições dignas aos seus a milhares de famílias que ali passarão a residir.

Romero Rodrigues ainda aproveitou a presença das autoridades políticas para falar das necessidades de Campina Grande e pediu apoio de parlamentares e do presidente. Ele citou a duplicação da BR-230 no sentido Campina Grande/Sertão; a duplicação da BR-104, no sentido Campina Grande/Caruaru-PE; o retorno do abastecimento com água da Transposição do Rio São Francisco; a construção da escola cívico-militar; e a cessão de linha férrea para futura implantação do VLT.

Outros discursos


Gustavo Canuto


O ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, iniciou o discurso citando versos do poema A Esperança, do paraibano Augusto dos Anjos. Ele agradeceu a presença das autoridades políticas.

“Hoje são 4.100 famílias [contempladas com moradias], mas o governo federal fez muito mais. Mais de 80 mil unidades foram entregues em todo o Nordeste. O Nordeste é, sim, prioridade. Para vocês terem ideia, dos investimentos que fiz este mês, metade foi para o Nordeste”, assegurou o ministro.

Ele também anunciou que o Governo Federal irá destinar cerca de R$ 1 milhão para as obras de recuperação da falésia do Cabo Branco.

Lígia Feliciano


A vice-governadora Lígia Feliciano elogiou a união de várias lideranças políticas pela construção do Aluízio Campos. “Sou campinense e estou orgulhosa de estar aqui. Aprendi na minha vida pública que guerra política não interessa a ninguém. O que interessa é a união e a gestão em prol de todos. Por isso parabenizo a todos que trabalharam pela realização desta obra. Não existe povo de situação, nem povo de oposição. Existe um povo só, o povo paraibano”, disse a vice-governadora.

Daniella Ribeiro


A senadora Daniella Ribeiro lembrou da participação do irmão, o deputado federal Aguinaldo Ribeiro, no projeto do complexo residencial. Segundo Daniella, a ideia nasceu em 2012, logo após ela ter perdido as eleições municipais para Romero Rodrigues.

“Mesmo eu tendo perdido a eleição, meu irmão, Aguinaldo Ribeiro, viu uma grande oportunidade de ajudar o povo de Campina Grande. Aguinaldo usou o ano de 2013 para ultrapassar as dificuldades técnicas, com ajuda de Romero. Nós não éramos aliados partidários naquele momento, mas nos unimos pelo bem de Campina Grande. Porque Campina está acima de tudo”, destacou Daniella.


Rede Repórter 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.