Header Ads

Um desses será o próximo prefeito interino de Patos


Ambiente muito conturbado na administração e na política de Patos. Com a renúncia do prefeito Sales Júnior (PRB) na tarde desta terça-feira, 20, quem passa a responder provisoriamente pela Prefeitura de Patos é o atual Secretário Municipal de Finanças Jonas Guedes que assumiu recentemente a pasta. As informações são do advogado Corsino Peixoto.

Ele ficará provisoriamente na função, mas será responsável apenas pela parte de expediente, de trabalho interno, até que a Câmara Municipal de Patos convoque uma nova eleição para eleger um novo presidente e esse novo presidente eleito será o novo prefeito interino de Patos.
Sales Júnior, ao renunciar o cargo de prefeito, também renunciou automaticamente o de presidente da Câmara, mas, caso quisesse, poderia se candidatar novamente ao cargo. Ele volta a ser vereador, assumindo o lugar de Jardelson Pereira (PSDB).

Tide Eduardo (MDB), que era vice-presidente e assumiu o cargo de presidente interinamente, também poderá se candidatar a presidente.
Os suplentes Paulinho Lacerda e Cambirota, que ocupam cargos de vereador na Câmara no lugar de Edjane Araújo e Jefferson Melquíades, que assumiram secretarias no governo municipal, não podem se candidatar a presidência, segundo Corsino Neto.
Dessa forma, excluindo os nomes de Jardelson Pereira, Cambirota e Paulinho Lacerda, qualquer um dos demais vereadores poderiam assumir interinamente a Prefeitura de Patos, desde que vençam a eleição para presidente da Câmara, inclusive o próprio Sales Júnior.





Folhapatoense

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.