Header Ads

“Sou de acordo com a diminuição do salário de vereador”, diz pré-candidato em Patos

Após surgir a possibilidade de redução salarial, para os vereadores na cidade de Patos, o assunto repercutiu durante alguns dias desta semana. O site Sertão Político, ouviu o pré-candidato a vereador, Adauto Pereria sobre esta possibilidade. O agente político que já se disponibilizou como alternativa para o legislativo no ano que vem, expôs sua opinião sobre a questão.
“Eu acedido que o que se paga hoje a um vereador na cidade de Patos, é um valor muito alto, o que para uma cidade como a nossa, que o custo de vida não é alto, a metade do salário que recebe um vereador em tempos atuais, seria um salário justo para quem ocupa uma cadeira na casa Juvenal Lúcio de Sousa”, argumentou.
Para o pré-candidato, é necessário uma melhor distribuição salarial e uma valorização maior, para profissões relevantes, na construção da sociedade e também na proteção dela. 
“Os salários ao meu ver, são mal distribuídos, pois os nossos professores, que nos educam e nos ensinam para a vida, os policiais que arriscam a própria vida, para resguardar a sociedade e algumas outras profissões. Na minha opinião, o salário de um vereador seria a metade do que é hoje, ou seja R$ 5 mil, pois quando vem os descontos, ficaria em torno de R$ 2.500. O que já dá pra viver honestamente na nossa cidade”.
Ao concluir seu pensamento em relação aos gastos com salários e valores pagos aos políticos, Adauto coloca que a questão principal vem da conduta de cada pessoa.
“Quando você é honesto, e tem o zelo com o erário público esse salário cortado pela metade, é suficiente para se manter. Porém quando não se tem honestidade, não importa o salário que você recebe, sempre será uma constante a desonestidade, que lhe faz agir de forma ilegal, praticar corrupção. Se alguém é desonesto, ele não se contenta com seu salário, por isso que a questão não é só o valor e sim a índole de cada um”, finalizou.


Sertão Político 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.