Header Ads

Prefeitura de Patos economiza de mais de R$ 70 mil reais na compra de instrumentos musicais

A Prefeitura de Patos vem demonstrando responsabilidade e economicidade na realização de processos licitatórios. Os dois últimos foram para aquisição de instrumentos musicais para a Filarmônica 26 de Julho e para a compra de cadeiras odontológicas.
 
Para o convênio da compra dos instrumentos, a Prefeitura teria disponibilizado o valor de R$ 234.833,66 para a compra de 64 itens, porém, foram utilizados R$ 161.837,37 no final da licitação, uma economia de R$ 72.926,29, ou 31,08% em relação ao valor inicial.

No convênio ainda ficou um saldo para a compra de outros instrumentos musicais. Entre os itens para equipar a Filarmônica estão violino 3/4, violino 4/4, baixo acústico, piano digital, escaleta piânica, bateria acústica, bloco sonoro, entre outros.

 
Já para a compra das cadeiras odontológicas, totalizando 12 cadeiras, foi disponibilizado o total de R$ 216.000,00, mas serão gastos R$ 82.800,00, representando mais uma economia para os cofres públicos.
 
A Prefeitura ainda realizou licitação para aquisição de brinquedos educativos e material pedagógico, de material para atender as demandas das Creches Geralda Medeiros e a do Monte Castelo. Para a Secretaria de Desenvolvimento Social houve o processo para a Rede de Proteção e de material permanente.
 
O chefe do setor de licitação da Prefeitura de Patos, Alex Camboim, avaliou que os processos que ocorreram vêm gerando economia para os cofres públicos do município de Patos.
 
 “É muito importante, principalmente, pela situação que o município se encontra, a gente não está numa situação fácil, financeiramente falando, então essas economias têm ajudado a controlar essas contas e, de fato, a gente tem tido bastante economia como tivemos no de insumos, no de medicamentos, medicamentos injetáveis e em todos que a gente tem anunciado aqui. Vamos continuar tendo. Uma coisa que também tem ajudado é o aumento da competitividade, com a Prefeitura entrando nos eixos, tendo mais estabilidade as empresas se interessam, e quanto mais empresas interessadas, mais a gente tem economia”, afirmou Alex Camboim.

Coordecom-Patos

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.