Header Ads

Prefeito interino Sales Júnior questiona: "Afinal o Código Tributário era da maldade ou não?"

O prefeito interino de Patos, Sales Júnior, rebateu nesta sexta-feira, 09 de agosto, rebateu as críticas que vem sendo feitas por alguns setores da economia local, após a revogação do código tributário pela Câmara de Vereadores, em junho de 2019.
 Em etrevista concedida a imporensa nesta sexta-feira, 09, Sales Júnior, questionou que a volta ao código tributário vigente no ano de 2006, surgiu por conta da mobilização de diversos setores da política e da sociedade local, que batizou o pacote de medidas tributárias aprovado no ano de 2017, como “Código da Maldade”.
 “Afinal, o código era da maldade ou não era? Essa é a pergunta que estou fazendo a vocês, por que na hora que foi revogado o código, sabe quem estava batendo na minha porta?, os construtores, gente”, questionou o prefeito.
Segundo o gestor, a revogação do "Código da Maldade" resultou na perda de incentivos fiscais que existiam na legislação anterior, o que vem paralisando os investimentos na construção civil e outros setores da economia.
Sales Júnior afirmou que a discussão de pontos específicos no código anterior, revogado pelo Poder Legislativo, seria a melhor alternativa de solução para o problema e que na próxima semana deverá ser encaminhado a câmara Municipal medidas visando discutir os incentivos fiscais que existiam enquanto na vigência do código anterior.

Patosonline.com/Áudio - Higo de Figueiredo (Rádio Espinharas)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.