Header Ads

Em Patos, vereador diz que pedras de paralelepípedo do Ginásio O Rivaldão foram desperdiçadas e também vendidas

O vereador Ederlan Oliveira, conhecido por Goia (PV), está denunciando que as pedras de paralelepípedos que estavam na pavimentação do Ginásio de Esportes O Rivaldão, pertencente ao Município de Patos, foram desperdiçadas e também vendidas.


Em um vídeo que circula nas redes sociais, o vereador mostrou centenas de pedras de paralelepípedos que foram desprezadas no Bairro da Vitória, próximo ao Motel Mayame, às margens da BR 230, em Patos. Goia se mostrou indignado, pois avalia que o desperdício causou prejuízos e se configura como crime, pois o material pertence ao poder público municipal.

O vereador fez contato com a redação do Patosonline.com e tornou a denúncia mais grave ainda. Ele disse que as pedras foram vendidas para pagar contas no valor de R$ 60.000,00 que foram feitas pela Secretaria de Infraestrutura do Município de Patos (SEINFRA). 

“Foi feito um negócio com essas pedras...elas valem mais de Um Milhão de Reais e foram vendidas de forma ilegal. Vamos trazer à tona. Descobrimos tudo...”, relatou Goia.

Goia citou o ex-secretário de Infraestrutura do Município de Patos, Augusto Camboim, como sendo o responsável pela negociação das pedras retiradas do Ginásio de Esportes O Rivaldão que está em reforma.

A reportagem tentou contato com o ex-secretário Augusto Camboim, porém, não obteve êxito através das ligações telefônicas efetuadas na manhã desta segunda-feira, dia 01.


 Jozivan Antero – Patosonline.com

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.