Header Ads

Prefeito e vice de Taperoá têm mandato cassado e juiz determina nova eleição

A justiça eleitoral cassou os mandatos do prefeito de Taperoá, Jurandi Gouveia Farias, e do vice-prefeito, Francisco Antônio da Silva Filho. A decisão foi proferida pelo juiz da 27ª zona eleitoral, Carlos Gustavo Guimarães Barreto. Eles são acusados de abuso do poder político e econômico nas eleições de 2016.
O magistrado determinou, também, a realização de novas eleições “após o esgotamento das instâncias ordinárias eleitorais”. Ainda cabe recurso da decisão ao Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) e, posteriormente, ao Superior Tribunal Eleitoral (TSE).
O gestor é acusado de compra de votos durante a campanha eleitoral de 2016. Entre as irregularidades apontadas está a escavação de poços e doações de terrenos de modo irregular. São alegadas também supostas perseguições políticas a servidores públicos.
O prefeito e o vice ainda foram tornados inelegíveis por oito anos. Além disso, eles terão que pagar uma multa de 101 mil UFIR-PB. Contabilizando-se a última cotação, chega-se a um valor superior a R$ 5 milhões. O cálculo deverá ser feito após o esgotamento dos recursos cabíveis, de acordo com o magistrado.
Caso o afastamento do atual prefeito seja mantido pelas instâncias supeiores, o cargo deverá ser assumido pelo presidente da Câmara Municipal, José Macilon Alves Melquíades, de forma interina.


Fonte - Suetonio Souto Maior 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.