Header Ads

Deputada admite uso de veículo da ALPB em manifesto geral dos trabalhadores

Como em várias cidades brasileiras que sofreram com os reflexos da greve geral contra a reforma da Previdência, realizada nesta sexta-feira (14), a cidade de João Pessoa também amanheceu com as principais vias interditas, com queimas de pneus, trens parados e poucos ônibus circulando pela cidade.
Mas quem esteve no top das postagens nas redes sociais, por conta do movimento, foi a deputada estadual Cida Ramos (PSB), que usou um veículo da Assembleia Legislativa,  colocando o carro atravessado na pista que dá acesso à Universidade Federal da Paraíba.
O ato da parlamentar causou indignação dos internautas e ela foi acusada também de desviar o foco do protesto geral carregando uma bandeira na qual pedia a liberdade do ex-presidente Lula.
Por conta dos inúmeros repúdios, a deputada sentiu-se obrigada a se explicar e disse que estava no exercício do seu mandato e admitiu sim, que estava no veículo pago pelo poder público.
“Eu estava no exercício do meu mandato. Sou da Frente Parlamentar que trata sobre a reforma da Previdência”, disse a parlamentar, reafirmando que não viu irregularidades em usar o veículo.
Cida Ramos acrescentou ainda que o seu mandato é público, que não estava se escondendo de ninguém, tanto é que foi fotografada na manifestação.
“Eu estava em uma manifestação, não estava em um motel. Já sabemos quem agiu de forma covarde para denegrir minha imagem”, finalizou.
Outros pontos da cidade ficaram interditados, mas por conta das chuvas caídas durante todo o dia de ontem, muitas ruas ainda estão alagadas dificultando a passagem de pedestres e veículos e causando vários engarrafamentos em João Pessoa.
No balanço da manhã, o movimento foi considerado pacífico.
Paraibaonline.com.br

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.