Header Ads

Damião de Celi diz: tenho caráter e honradez, minha adesão à prefeita não foi por emprego ou dinheiro

O último final de semana foi agitado na política de Santa Terezinha-PB, pois a situação comandada pela prefeita Terezinha de Zé Afonso (PSDB), comemorou a adesão do pré-candidato, a vereador Damião Medeiros (Avante), mais conhecido no município por Damião de Celi.
Depois da divulgação adesão de Damião, houve uma mistura de declarações a favor e contra. Também teve especulação e afirmação de pessoas ligadas a oposição, dizendo que Damião de Celi teria recebido várias vantagens da prefeita para mudar de lado.
O Blog do Jordan Bezerra conversou na manhã desta quinta-feira (27), com Damião de Celi para esclarecer esses comentários da oposição.
O pré-candidato negou com veemência tais boatos que circula na cidade, dizendo que sua adesão foi por causa de dinheiro ou emprego.  Segundo ele, todos conhecem sua família, sobretudo Celi e Zezito Trajano, seus pais, e sabem que são pessoas de bem.
“Todos nós já conhecemos um pouco da política de Santa Terezinha-PB, e toda a população conhece o caráter de Celi e de Zezito Trajano, em especial o meu também, Damião de Celi. Nós sabemos que quando se aproximam os pleitos de eleições, principalmente para prefeito, várias conversas surgem. Em nenhum momento da história política de Santa Terezinha foi registrado que um filho de Zezito e Celi se vendeu por algum cargo público, dinheiro ou benefício para participar de uma gestão. Quando se muda de partido em Santa Terezinha algumas pessoas dizem que foi cargo, foi dinheiro, mas eu desafio a quem quer que seja para verificar e dizer qual foi o cargo que eu indiquei na gestão de Terezinha de Zé Afonso, pois estão dizendo por aí que eu indiquei familiares para esta gestão, que eu me vendi. Infelizmente, são pessoas que ainda pensam da forma antiga, arcaica, em tempos antigos. Todos conhecem o meu caráter e o caráter dos meus pais. Em momento algum eu dei adesão através de cargo público; quem souber pode falar. Tenho dois irmãos que exercem função pública, mas passaram em concurso e estão trabalhando, mas eram adversários do prefeito no ano; eles estudaram e passaram”, explicou Damião.
Em relação ao grupo Motta, Damião reafirmou o apoio e disse que deixou claro que permaneceria nesta condição. Ele ressaltou que não há nada de errado nisso, pois essas relações fazem parte da política.
“Eu continuo fiel ao grupo Motta e respeito a oposição. Quando fui apoiar a gestão de Terezinha Lúcia eu deixei claro que continuaria apoiando Nabor e Hugo Motta. Não vejo problema nisso, até porque eu desafio que todos tenham se empenhado para apoiar a campanha de Nabor e de Hugo. Foram poucos, como Davi Cordeiro, Francisco Bezerra, Menon, esses sim estavam de casa em casa pedindo voto e mostrando o que eles trouxeram para Santa Terezinha.  Eu continuo votando nos dois e nada impede uma aproximação posterior da prefeita Terezinha ter o apoio dos dois ou votar em um deles ou em Nabor e Hugo. Isso é normal na política”, justificou Damião de Celi.
Sobre o seu partido, o pré-candidato afirmou que está no Avante, mas que não exclui a possibilidade de ir para o partido da prefeita Terezinha e justificou que saiu do grupo por conta da indefinição e porque o ex-prefeito está muito distante da cidade.
“O meu atual partido é o Avante, mas vou aguardar até setembro, pois tudo indica que terá a volta das coligações. Se voltar mesmo eu permaneço no Avante ou então em outro partido e faço coligação, ou ainda posso ir para o partido na prefeita, não vejo problema nenhum. Posso ir para o partido dela e votar para governo nos deputados distintos, sem nenhum problema, que a nossa composição é local. Eu respeito toda a oposição, todos conhecem o nosso caráter, e nós sempre fizemos política respeitando os adversários, até porque nós temos amigos dos dois lados. Não vejo porque esta distância agora. Só porque eu mudei de partido começam a denegrir minha imagem, dizendo que me vendi, a troco de cargo público, provem. Se dizem que eu indiquei alguém digam quem é, mostrem quanto foi o valor, e provem. A minha ida foi somente porque a oposição está indefinida, e por isso eu desafio respeitosamente a oposição: quem é o candidato a prefeito de vocês? Essa indefinição e o distanciamento do ex-prefeito da cidade me fizeram sair do grupo, mas saio de cabeça erguida, com respeito a todos, e em momento algum vou denegrir imagem de ninguém, porque sei que isso faz parte da política, é normal. Eu agora estou junto com a prefeita Terezinha Lúcia”, confirmou o pré-candidato Damião.          


Blog do Jordan Bezerra

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.