Header Ads

Projeto que concede subvenção para ASPAA é aprovado, em 1ª votação, pela Câmara de Patos

O projeto de autoria do Poder Executivo que concede subvenção para a Associação de Pais e Amigos dos Autistas de Patos e Região- ASPAA foi aprovado, em 1ª votação, por unanimidade, pelos vereadores presentes durante a Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Patos, na noite desta terça (07). 

A ASPAA institui a política Municipal de Proteção dos Direitos das Pessoas  com Transtorno do espectro Autismo tem como objetivo promover formas positivas do trato com a saúde das pessoas com Transtorno do Espectro Autista, objetivando o diagnóstico precoce, o atendimento multiprofissional e o acesso a medicamentos e nutrientes. 

“Nós que abraçamos essa Associação era um desejo que essa subvenção fosse aprovada e com certeza na próxima quinta(09), será também aprovada em 2ª votação”, disse a vereadora Tide Eduardo, presidente da Câmara. 

Outros projetos de Lei, estes de autoria do vereador Ramon Pantera, reconhece como patrimônio histórico cultural imaterial as quadrilhas juninas do município e o outro institui a Campanha permanente de prevenção das doenças ocupacionais dos profissionais de educação.

“São projetos importantes, o primeiro vem melhorar a vida dessa classe tão importante que são os professores. No outro projeto trato sobre as quadrilhas juninas que a mais de 40 anos vem fazendo um grande trabalho em nossa cidade. Parabenizo e agradeço aos vereadores que me apoiaram e votaram a favor do nosso projeto”, destacou Ramon.

Também foram aprovados os projetos de Lei de autoria do vereador Góia que considera patrimônio cultural imaterial a tradicional Festa de São Judas Tadeu, padroeiro dos bairros da Vila Cavalcante e Vitória; outro que dispõe sobre prioridade para o atendimento presencial e para marcação de consultas e exames a determinado grupo de pessoas em Unidades de Saúde e o outro dispõe sobre a obrigatoriedade  de fixação de cartaz ou placas em revendedora e concessionárias de veículos automotores informando as isenções concedidas as pessoas com deficiências e moléstias graves. 

Os projetos de autoria do vereador Paulinho Lacerda também foram aprovados. O primeiro projeto dispõe sobre a proibição do corte dos serviços de fornecimento de energia elétrica e água no município. O outro projeto estabelece prazo para o executivo municipal responda aos requerimentos e ofícios encaminhados pelos vereadores.

Todos os projetos foram aprovados em 1ª votação, por unanimidade. Também foram aprovados 23 requerimentos escritos e 5 verbais. 


Assessoria 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.