publicidade

Funcionário da Maternidade de Patos liga pra redação do Patosonline.com, e denuncia atraso no salário. Gerir diz que situação será resolvida

Um funcionário da Maternidade Peregrino Filho, que pediu para não ser identificado, ligou para a redação do Patosonline.com na manhã do último sábado, 23 de fevereiro, e fez um relato dramático da situação de alguns colegas. Segundo o denunciante, eles estão há dois meses sem receber salário, e alguns estão passando necessidades.
Ele explicou que precisaram fazer uma espécie de “campanha solidária” para arrecadar alimentos para um colega, pois até itens básicos alimentares estavam faltando na casa dele.
O funcionário estava revoltado e pediu para nossa equipe expor o problema. Segundo ele, alguns médicos estavam sem receber salários há cinco meses.
Nesse mesmo dia, o jornalista Marcos Oliveira divulgou a denúncia no programa radiofônico Radar, levado ao ar pelas rádios Espinharas 105,1 e 97,9 FM.
À tarde a assessoria da Gerir entrou em contato com nossa redação e divulgou a seguinte Nota.
Veja:  

Nota à Imprensa

O Instituto Gerir, que administra as unidades de saúde estaduais Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro (CHRDJC) e Maternidade Dr. Peregrino Filho, de Patos, diante de notícias veiculadas na imprensa local, esclarece que:

·         A regularidade do pagamento dos salários relativos ao mês de janeiro dos profissionais tanto do Complexo, quanto da Maternidade, será providenciada assim que o repasse da Secretaria de Saúde, referente ao mês de janeiro de 2019, for efetivado, o que deve acontecer nos próximos dias;

·         Os salários dos médicos da Maternidade, referente aos meses de novembro e dezembro de 2018, também serão atualizados em breve, assim que uma questão jurídica já em andamento, seja concluída.

·         O Instituto Gerir, que administra a Maternidade desde junho de 2013, e o Complexo, desde maio de 2018, tem total compromisso com a gestão pactuada, entendendo essa parceria público-privada como um instrumento de melhor otimização dos recursos públicos e, consequentemente, de melhoria das condições estruturais destas unidades e de trabalho dos profissionais que atuam nelas, o que resulta numa considerável melhoria da prestação de serviços à população;

·         O Instituto Gerir está direcionando todos os esforços para resolver as pendências o mais breve possível e reitera seu compromisso e respeito com a população paraibana, especialmente, àquelas pessoas que necessitam e utilizam os serviços do Complexo e da Maternidade de Patos, assim como, todos os profissionais que empregam seu talento e sua força de trabalho para que a população possa ter um serviço de saúde que atenda suas necessidades e demandas satisfatoriamente.



João Pessoa, fevereiro de 2019

Direção do Instituto Gerir



Patosonline.com 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.