Header Ads

“Queremos reivindicar ao senhor prefeito Bonifácio Rocha a ampliação do número de vagas”, relata professora da cidade de Patos

A polêmica em torno do pouco número de vagas ofertadas no concurso público para preenchimento de cargos na Prefeitura Municipal de Patos está unindo outra categoria profissional. Agora, os professores do ensino infantil e fundamental querem que o prefeito interino Bonifácio Rocha (PPS) reveja o edital e amplie o chamamento para a educação do município.
Na manhã desta terça-feira, dia 22, um grupo de professoras que realizaram o concurso público 2018, que ofereceu 7 vagas para os quadros de professores do ensino infantil e 10 para o fundamental, estiveram reunidos para analisar e discutir a problemática. Os docentes alegam que existem 59 contratados para o ensino fundamental e 50 contratados para o infantil para prestar o serviço junto as escolas e creches do Município de Patos, porém, o concurso ofereceu um número de vagas irreal diante da necessidade.
Os educadores relatam que realizaram uma pesquisa junto ao SAGRES, através do portal do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE/PB). No sistema constam mais de 100 professores contratados e a pergunta é: Por que o município ofereceu pouco mais de 15 vagas no concurso 2018 diante da necessidade muito superior?
A professora Melina Pereira, que está entre os professores que realizaram o concurso, disse que espera que o prefeito interino Bonifácio Rocha possa ter uma posição em relação a disparidade e tome uma medida para fazer justiça e moralizar o serviço público diante do quadro de contratados.
Nesta terça-feira, dia 22, houve uma vitória dos concurseiros mediante a luta para ampliação das vagas da Guarda Municipal de Patos. O concurso ofereceu apenas 1 vaga para a guarda, porém, o prefeito Bonifácio se comprometeu em chamar 30 da lista de classificação do concurso para o treinamento. Essa atitude encheu de esperança os cidadãos que estão mobilizados para que aconteça a concretização do fortalecimento da Guarda Municipal que atualmente é a menor do Estado da Paraíba, tendo 7 funcionários em exercício do cargo.


Jozivan Antero – Patosonline.com

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.